Skip to main content

Dieta do câncer de pâncreas: alimentos para comer e alimentos para evitar

By ActiveBeat Português

A American Cancer Society estima que o câncer de pâncreas atingirá aproximadamente 55.440 pessoas nos EUA em 2018. Desse número, espera-se que mais de 44.000 não vivam. Embora os números sejam sombrios, existem maneiras de tornar a doença mais controlável e possivelmente melhorar sua qualidade de vida por meio da dieta.

Embora esses alimentos não apaguem o câncer, eles podem ajudar a reduzir os sintomas associados e “ajudá-lo a manter-se energizado, focado e mais capaz de enfrentar o câncer e vencer”, observa. Aqui estão 12 alimentos que você deve comer (ou evitar) se você foi diagnosticado com esse tipo de câncer ou deseja reduzir o risco de desenvolvê-lo…

1. Bom: Frutas e Vegetais

Healthline.com diz que os pacientes com câncer de pâncreas devem comer pelo menos 5 porções de vegetais e frutas sem amido por dia, citando recomendações do Fundo Internacional de Pesquisa do Câncer Mundial.

Sugere, em particular, comer mirtilos, laranjas, brócolis, couve e espinafre, que são ricos em antioxidantes, fibras e fitoquímicos. “Vegetais cozidos podem ser mais fáceis de tolerar do que os crus”, acrescenta.

2. Bom: Proteína Magra

As proteínas são blocos de construção importantes do corpo e são especialmente boas para o pâncreas, de acordo com SarahCannon.com. A proteína não só pode ajudar seu corpo a reparar tecidos danificados, mas também pode dar um impulso ao sistema imunológico, acrescenta.

No entanto, a fonte sugere aderir a fontes de proteína com baixo teor de gordura, incluindo frango, peixe, ovos, laticínios com baixo teor de gordura, nozes, feijão e produtos de soja. “Inclua uma fonte de proteína magra em todas as refeições e lanches”, observa.

3. Bom: Amidos com alto teor de fibra

Você pode pensar que os alimentos ricos em amido são um não-não automático, mas não é o caso, de acordo com Healthline.com. A fonte diz que os carboidratos complexos a seguir ajudam a manter seus níveis de energia altos e não aumentam o açúcar no sangue como os carboidratos simples.

Essas opções ricas em fibras incluem batatas, feijões, lentilhas, aveia, quinoa e arroz integral, acrescenta a fonte. Ele observa que você também pode encontrar folato (uma vitamina B) nesses alimentos, o que é útil para reduzir o risco de desenvolver câncer de pâncreas em primeiro lugar.

4. Bom: Chá Verde

O chá verde tem sido apresentado como uma forma de reduzir o risco de câncer pancreático, de acordo com ScienceDaily.com. Ele cita um estudo publicado pela Metabolomics que observa que o EGCG, um ingrediente ativo do chá verde, “alterou o metabolismo das células cancerígenas pancreáticas ao suprimir a expressão de uma enzima associada ao câncer”.

O estudo também aborda outro componente chamado oxamato, que, segundo a fonte, também reduz a atividade enzimática do câncer. “Ao explicar como o componente ativo do chá verde pode prevenir o câncer, este estudo abrirá as portas para toda uma nova área de pesquisa sobre o câncer e nos ajudará a entender como outros alimentos podem prevenir o câncer ou retardar o crescimento de células cancerígenas”, observa.

5. Bom: Gorduras Saudáveis

Normalmente, quando ouvimos a palavra “gordura” associada à comida, tendemos a evitá-la (ou pelo menos tentar limitá-la). No entanto, existem gorduras saudáveis, provenientes de alimentos como abacate, nozes, sementes e azeite de oliva, de acordo com SarahCannon.com.

A fonte adverte para evitar alimentos gordurosos ou gordurosos que foram fritos e, em vez disso, recorrer a fontes de gorduras saudáveis que foram assadas, grelhadas ou grelhadas.

6. Bom: Líquidos Não Cafeinados

A mesma fonte enfatiza a importância de se manter hidratado durante o tratamento do câncer, e a água nunca é uma má escolha. Outras fontes também dizem que as bebidas esportivas com eletrólitos podem ajudá-lo a recuperar alguns dos sais que você pode perder.

O objetivo é consumir 64 onças de líquido por dia durante o tratamento para evitar a desidratação, diz SarahCannon.com. No entanto, se você gosta de tomar várias xícaras de café ou chá (ou refrigerante) por dia, experimente as versões descafeinadas, pois a cafeína pode aumentar o risco de ressecamento.

7. Ruim: Frutos Secos e Sementes

Já dissemos que sementes e nozes são uma fonte saudável de gordura, mas Livestrong.com diz que se você sofre de inchaço do intestino delgado devido ao tratamento do câncer (conhecido como enterite por radiação), é melhor evitá-los.

Além de evitar sementes e nozes se essa condição surgir, a fonte também sugere evitar cereais e pães integrais, coco, vegetais não cozidos e pipoca, todos os quais normalmente oferecem alguns benefícios à saúde.

8. Ruim: Alimentos com Odor

Às vezes, os alimentos têm um aroma distinto que enche a sala e seu nariz prepara sua barriga para o banquete. No entanto, quando você está lutando contra o câncer de pâncreas, alimentos com odores fortes não são a melhor ideia, diz Livestrong.

Isso porque a náusea é um sintoma comum desse tipo de câncer, e “alimentos altamente aromáticos” podem ser um gatilho. Também sugere preparar alimentos frios em vez de alimentos quentes, pois os últimos podem aumentar os aromas. “Evite alimentos com odores fortes, como cebolinha, cebola, peixe e queijos com odor forte”, acrescenta.

9. Ruim: Alimentos Gordurosos

Aqui é onde as gorduras “ruins” entram em jogo, especialmente quando se trata de câncer de pâncreas. A fonte diz para evitar carnes gordurosas, como carne bovina, bacon e frango frito, bem como lanches com alto teor de gordura, como batatas fritas / molho e nachos.

“Alimentos ricos em gordura e proteína são difíceis de tolerar se você tem câncer de pâncreas”, alerta a fonte. Atenha-se às fontes magras de proteína acima mencionadas para facilitar o seu sistema digestivo, diz a fonte.

10. Ruim: Álcool

Beber muita bebida é ruim para a saúde em geral, mas consumir álcool regularmente pode ser particularmente problemático se você estiver lidando com câncer de pâncreas, diz Livestrong.

Beber muito pode piorar seus sintomas se você já tiver a doença e pode aumentar seu risco de desenvolvê-la em primeiro lugar, acrescenta a fonte.

11. Ruim: Açúcar e Carboidratos Refinados

Livestrong diz que a maioria das pessoas com esse tipo de câncer terá problemas para processar carboidratos simples e açúcares refinados (pense em doces, xaropes e refrigerantes).

A fonte sugere consultar seu médico se você estiver com intolerância à glicose ou síndrome de dumping, que a fonte diz ser quando a comida se move muito rapidamente do estômago para o intestino delgado (causando cólicas e diarreia, entre outros sintomas). Além desses problemas potenciais, alimentos açucarados como esses oferecem calorias vazias, acrescenta.

12. Ruim: Carne Vermelha/Processada

Healthline também adverte contra carnes vermelhas (como carne bovina e suína) e carnes processadas (como cachorro-quente, bacon e salame) porque podem ser difíceis de digerir para pacientes com câncer pancreático.

Além disso, a fonte também diz que esses tipos de carne têm sido associados ao risco de câncer. O maior risco parece estar relacionado ao câncer de intestino, mas também há fontes citando uma possível ligação com os riscos de câncer de estômago e pâncreas.

ActiveBeat Português

Contributor

Fitness & Nutrição

Explore

Everything You Need To Know About LASIK Surgery
By ActiveBeat Author Your Health

Everything You Need To Know About LASIK Surgery

Laser eye surgery, also known as LASIK, is a life-changing procedure. Former eyeglasses and contact lens wearers report being able to see perfectly once again, enjoying the freedom of clear vision. And just recently, one of the best things about LASIK is skilled doctors offering their services for much cheaper than before. Why? It’s a […]

Read More about Everything You Need To Know About LASIK Surgery

4 min read